[ editar artigo]

Truques para organizar a bagagem de mão poupam tempo e espaço

Truques para organizar a bagagem de mão poupam tempo e espaço

Clima do destino desejado e cronograma da viagem são essenciais nessa arrumação

 

Engana-se quem pensa que uma viagem tem início apenas durante o trajeto ou no momento em que se chega ao destino pretendido. À lazer ou à negócios, viajar envolve etapas primordiais, como, por exemplo, a organização das malas. Recentemente no centro das discussões com resoluções da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o despacho de bagagens pode sofrer mudanças que abarcam da permissão de bagagem de mão de 5kg para 10kg à possível cobrança pelo despacho.

 

Essas determinações ainda estão em análise, mas qualquer que seja a decisão final, saber organizar a própria mala pode ser um trunfo para viagens curtas e até mesmo longas. Além de poupar espaço, ser prático nas escolhas dos itens que serão levados também economiza tempo.  Abaixo, algumas dicas do professor do Curso de Hotelaria do Centro Europeu, André Berberi.

 

Itens prioritários

“Na hora da arrumação das malas, as pessoas costumam levar mais do que é necessário. É preciso manter um checklist com itens prioritários e muitas vezes, levar o básico”, resume André. Entre aquilo que não pode ser esquecido estão os materiais de higiene pessoal e as roupas íntimas. Às mulheres, é recomendável não esquecer um kit básico de maquiagem junto aos demais itens de higiene pessoal e, para os homens, a tradicional combinação de barbeador, desodorante, escova e pasta de dentes, fio dental está de bom tamanho para viagens de curta duração. Em relação às roupas, o professor lembra que muitas pessoas optam por peças que não amassam e, com isso, podem se exceder na seleção. “Cada vez mais os hotéis disponibilizam ferro de passar para esses casos, então isso não deve ser uma preocupação”, completa. As blusas térmicas, por exemplo, são uma peça-chave que deve ser considerada por serem úteis e compactas.

 

Mala adequada

Tão essencial quanto a bagagem em si é o modelo de mala escolhido para transportá-la. “É importante que a mala caiba no compartimento do avião, pois pode acontecer de terem de remanejar isso de última hora, o que deixa o cliente inseguro e desconfortável”, lembra. Conforme as normas da Anac, o peso da bagagem de mão não deve exceder 5 kg e a soma de suas dimensões (comprimento + largura + altura) 115 cm.

 

Clima local

“Mais do que o destino em si, é importante atentar-se para o clima do local para onde se está viajando”, explica André. A partir dessa percepção, para uma viagem de quatro dias, por exemplo, o número de camisas pode variar entre duas ou uma para cada dia. A seleção de calçados segue o mesmo raciocínio.

 

Cronograma

Ter consciência das atividades que se deseja praticar durante a viagem também é um ponto de atenção vital. Dias de exercício estão previstos? Programe-se. Conforme André, é sempre bom ter à mão um tênis e uma sandália confortável, e, se a viagem for à trabalho, um sapato, pois calçados costumam gerar muito volume na bagagem transportada. “É importante escolher itens confortáveis para essa estadia e não é preciso trocar de roupa o tempo todo, como se estivesse em casa. Também é preferível usar itens já incluídos no dia a dia e não aqueles nunca utilizados para evitar surpresas como um sapato novo que pode machucar ou uma roupa nova que não veste tão bem”.

 

Onde dormir

Outro elemento importante destacado pelo professor é onde se irá dormir. Se for num hostel, casa de parentes e amigos ou algum local informal, é sempre bom carregar sabonete, shampoo, condicionador e toalha. “Já se for em um hotel, normalmente esses itens não são necessários. Mas cuidado para aquela viagem à praia, pois, na maioria das vezes, a toalha do hotel não pode ser levada ao banho de mar. Evite surpresas”, conclui.

Mundo Centro Europeu
Centro Europeu
Centro Europeu Seguir

Profissões e Idiomas

Ler matéria completa
Indicados para você