[ editar artigo]

Social Media: Uma voz sem rosto?

Social Media: Uma voz sem rosto?

Muito se fala sobre o que faz um social media, mas a profissão já foi escolhida como uma das mais incompreendidas pelo LinkedIn, em 2016. Separamos cinco dicas para te ajudar a entender sobre a profissão que ganha cada vez mais destaque no cenário em que a comunicação é essencial para a sobrevivência de qualquer empresa:

1. Estamos todos conectados, mas não falamos uma só língua

O profissional que trabalha com redes sociais está sempre conectado, mas a forma como ele transmite a mensagem por trás do negócio, marca ou empresa é sempre singular. O modo como apresenta ideias, produz conteúdo e aborda o seu público é resultado não apenas de pesquisa, mas também de estratégia.

2. Busca pelo novo

Tem medo de inovação? Repense a escolha por essa profissão. A tecnologia é uma grande aliada e testar novos apps, redes, plataformas e abordagens faz parte da missão. A ocupação não permite “achismos”, é preciso buscar, testar, entender e aplicar.

3. Um jogo de números

Em um universo em que diariamente um algoritmo novo surge, fazendo com que o sucesso da sua postagem, campanha ou anúncio fique na balança, é preciso ter noção de métricas e ferramentas como analytics, trends, social listening, entre outros. Os números são reflexo do seu investimento, público e retorno, por isso exigem atenção.

4. Seu conhecimento deve ser tão ilimitado quanto a sua capacidade de se reinventar

Você fala com pessoas e para pessoas, por isso humanizar o diálogo acaba sendo um passo primordial para comunicar com sucesso e engajando o seu público.

5. A sua voz gera a imagem

Você é o responsável por dar o tom e transmitir a mensagem. Você é o dono da síntese que gira em torno de toda a comunicação nas redes, por isso é preciso estar em constante lapidação em relação ao que você representa e como os seus seguidores estão recebendo.

Mundo Centro Europeu
Ler matéria completa
Indicados para você