[ editar artigo]

Os Desafios de Gerenciar a Si Mesmo

Os Desafios de Gerenciar a Si Mesmo

Engana-se quem pensa que arquitetos ou designers de interiores passam a maior parte do seu tempo só desenvolvendo projetos e usando a criatividade. Descubra quais são os desafios do tal do autogerenciamento.

Assim como em qualquer empresa, um profissional trabalhando sozinho ou com uma equipe, precisa se desdobrar entre atividades criativas, administrativas, financeiras e de gestão.

E aí vem a grande dificuldade, de gerir o seu tempo de forma a conseguir desenvolver todas essas funções.

Nos dias de hoje já temos em alguns cursos, disciplinas voltadas para a gestão de negócios e empreendedorismo, mas na época em que me formei, saíamos da faculdade com uma excelente base técnica porém sem a menor noção de como montar e gerenciar um escritório, por isso muitos profissionais acabaram se desiludindo com a profissão e mudando de área.

Para suprir essa necessidade, fui buscar durante minha experiência profissional cursos complementares, assessorias especializadas para me auxiliar nesse desafio.

Durante 15 anos de profissão, trabalhei em diversos formatos.

Sozinha ou em parceria com outros profissionais, o primeiro grande desafio foi estruturar o escritório, desde a definição do perfil do cliente, área atuação e de que forma divulgar o meu trabalho até a definição de processos internos que deveriam ser implantados para atender da melhor forma os clientes pretendidos.

E com isso criamos mais uma função que é monitorar esses processos para analisar se estão sendo eficazes, se precisam de ajustes para que as melhorias sejam contínuas.

Mas não acabou por aí. Como dar conta de todas essas funções?

Administrar o nosso tempo é outro grande desafio. Gerenciamos equipes, clientes, projetos, processos, gerimos o tempo.

Sem uma agenda bem organizada, é impossível conseguir dar conta de tantas atividades. O ponto de partida é organizar as tarefas por similaridade, concentrando atividades para que a produtividade seja maior.

Mas para cumprir todas as atividades previstas, é necessário ter muita disciplina e saber dizer não para as intercorrências que acontecem no dia a dia.

Acho que essa visão gerencial, empresarial é hoje o grande diferencial  dos profissionais da área.

Não somos só profissionais criativos, somos muito mais do que isso. Somo gestores de processos criativos, e esse é o nosso maior desafio!

 

Fernanda Alvarez é professora do curso de Design de Interiores do Centro Europeu.

Mundo Centro Europeu
Fernanda Alvarez
Fernanda Alvarez Seguir

Arquiteta e Urbanista graduada em 2003 pela Universidade Tuiuti do Paraná, com Especialização em Gerenciamento de Obras na UTFPR em 2005. Sócia da Grafo Arquitetura e professora do Curso de Design de Interiores do Centro Europeu.

Ler matéria completa
Indicados para você