[ editar artigo]

Inovação em Departamentos Jurídicos

Inicialmente pensei que seria difícil a aplicação das ferramentas apresentadas no curso de Inovação FURF no meu dia a dia, dentro de um departamento jurídico de uma indústria. Mas a partir do momento em que entendi que a inovação também pode ser aplicada para otimizar e melhorar os procedimentos do dia-a-dia, não apenas através da criação de novos processos ou produtos, mas também através da melhoria dos já existentes, foi possível a aplicação das ideias de inovação em diversas vertentes do meu cotidiano profissional.

Por trabalhar em uma empresa multinacional, mas cujo departamento jurídico na América Latina é relativamente novo (5 anos de existência, 3 e meio comigo como integrante), foi possível a propositura de novos fluxos de tratamento de demandas e interação com as demais áreas da empresa, que antes eram atendidas exclusivamente por escritórios internos e que, por isso, eram carentes de um atendimento mais personalizado e que tivesse gestão dos processos e documentações da empresa.

Dessa forma, após a observações do dia-a-dia da empresa, identificação dos gaps do processo e avaliação das possibilidades de melhoria, bem como, o desenvolvimento de um networking interno (conhecimento na pele dos problemas reais) e externo (muito benchmarking!), foi possível a elaboração e desenvolvimento, não apenas de um fluxo de atendimento, mas também a aquisição de uma ferramenta digital (software) desenvolvido especificamente para atender as necessidades identificadas.

Neste momento, estamos em fase de homologação das soluções desenvolvidas - algumas delas, já em produção e levantamento de resultados. Aqui, mais um ponto no qual o curso também me ajudou a ter uma visão mais ampla de como avaliar a relevância dos requisitos aplicáveis para levantamento dos resultados alcançados com a implementação dessa inovação no departamento e estabelecer os melhores indicadores de avaliação.

Mundo Centro Europeu
Ler conteúdo completo
Indicados para você