[ editar artigo]

Inovação e Indústria 4.0

Inovação e Indústria 4.0

Falar sobre inovação é falar sobre evolução.Mas não a evolução Darwinista do ser humano, mas sim da evolução como um ser humano.

Desde os primórdios da humanidade instintivamente inovamos e inovamos cada vez mais.Como um simples evento, o advento do uso fogo em sua diversas aplicações, sempre representou a mais simples e "inovadora" inovação; o que se pode se dizer com a iluminação com tochas, que possibilitou ser mais ativos a noite; o cozimento dos alimentos em fogueira, que facilitou a alimentação e propiciou o melhor desenvolvimento intelectual através de uma mais rica dieta.

E com passar do tempo inovar ficou cada vez mais técnico e menos intuitivo, mas de nada mudou em sua essência.A inovação cresceu junto com o nosso desenvolvimento como sociedade, e até recentemente e uma das mais importantes inovações como as que ocorreram na revolução industrial em todo mundo no seculo passado.

Para ressaltar o tamanho impacto causado na sociedade pela inovação industrial, que a exemplo, aplicado na área automotiva americana, o modelo fordista. Esse modelo revolucionou não somente a indústria automobilística mas todo mercado industrial americano, pois com seu método inovador de produção possibilitou baratear custos de todo tipo de produto, aumentou a demanda profissional, que junto aumentou a renda média americana e tudo com uma "simples" mudança no modo de realizar a produção.

No caso citado acima a empresa Ford que normalmente produzia seu popular modelo T em 12 horas, conseguiu através da inovação reduzir o tempo para 93 minutos.Esse modelo inovador foi aplicado em toda indústria e consequentemente todo produto industrial teve impacto significativo na redução de seus custos. Com essa redução nos preços, aliado ao demais benefícios que esta inovação trouxe foi possibiltado o desenvolvimento de forma grandiosa na economia dos EUA.

E essa inovação não deve parar, não deve parar nunca, pois a inovação é chave de todo sucesso.Inovação é aquele sentimento em que você não se conforma com algo e acredita que pode fazer mais; isso é inovação. Com esse conceito em mente estamos agora em pleno desenvolvimento da indústria 4.0.

A indústria 4.0 pode ser descrita, de maneira simplista, como, a indústria conectada, dos IOT, do uso massivo de inteligência artificial, dos "bots" e toda mágica tecnologia moderna.

Mas ai vem um questionamento: "Inovar na indústria 4.0, é inovar aplicando inteligência artificial?"

A pergunta é simples, mas um questão valida, e eis a resposta.

"Inovar é resolver um problema comum através de um método/produto que nunca foi feito.Ou seja mesmo na indústria 4.0, uma ideia simples e nada tecnologia pode ser algo totalmente disruptivo.(Mas também não quer dizer que você deva ignorar o progresso, a tecnologia será sempre sua aliada.)"

Esse artigo não tem o propósito de ensinar sobre inovação, longe disso, nada mais é que pinceladas sobre uma matéria muito interessante e vasta.O propósito deste artigo é compartilhar um pouco do conhecimento difundido a mim através do Curso de Inovação, apresentado neste instituto pelos empreendedores e designers Mauricio Noronha e Rodrigo Brenner, os profissionais por traz da Furf Design Studio.

O professores conduzem a didática de ensino do conteúdo de inovação baseando-se na jornada do herói.E conseguem apresentar o material muito bem, nos levando a sair de nossa zona de conforto e nos arriscar, também nos apresentam um novo mindset através de metodologias muito praticas, sempre buscando estar alinhados com as ODS's da ONU. Além de toda ideação criativa, nos é apresentado também áreas praticas da inovação, toda conceituação, prototipagem e analise de resultados.

Enfim é um curso muito bom e recomendo que se você deseja conhecer mais sobre inovação esse curso é para você e os professores são excelentes!!

PS: Na duvida busque pelo TED de Mauricio Noronha e Rodrigo Brenner, você verá que a recomendação é boa.

*Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Mundo Centro Europeu
Ler conteúdo completo
Indicados para você