[ editar artigo]

Aquele curso dos sonhos

Aquele curso dos sonhos

Desde criança eu sempre sonhei ser fotógrafa. Minhas tias me perguntavam o que eu queria ser e já não era novidade ouvir a resposta. Como todo início de infância, o meu não foi diferente, minha mãe me fez uma proposta para eu começar a vida "adulta", lembro como se fosse ontem! "Filha, vamos fazer uma troca? Você me dá todas suas chupetas e mamadeiras e eu te dou algo em troca". Pensei, pensei, pensei e aceitei! O que eu pedi? Uma câmera rosa da Barbie! 

                                                      Foto do Porto de Itapoá (SC)

Não lembro ao certo como foram minhas primeiras fotos, mas sei que essa paixão sempre esteve em mim. O mesmo aconteceu na faculdade. Que caminho seguir? É claro, vou para algo que tenha fotografia! Fiz jornalismo, me apaixonei, mas ainda não tinha o conhecimento que eu queria sobre foto. Durante minha graduação não deixei que meu amor pela fotografia ficasse de lado, realizei minha monografia sobre o tema. Mas, como todo bom estudante, ainda queria mais. 

Me formei e então, uma grande amiga que estudou no Centro Europeu comentou que sempre que olhava pra turma de foto me via ali no meio, porque a energia era muito boa e ela sentia que eu iria amar o lugar e o aprendizado. Isso foi um ano antes de eu realizar o curso, mas adianto, ela estava super correta!

                            Foto de Natureza (Viagem da turma durante o curso)

Janeiro de 2019, quase um ano após eu me formar em Jornalismo, começo a pesquisar sobre os cursos de fotografia em Curitiba. Já de primeira me apaixono pela sede do Centro Europeu, não é de se espantar, aquele lugar é lindo! Falo com a minha mãe sobre a possibilidade, agendo de ir conhecer, mas até então sem nenhuma pretensão de realmente fazer o curso, aquele famoso "estou apenas dando uma olhadinha".

Chego na sede Batel, o coração batendo forte, no fundo parece que tudo estava querendo que aquilo acontecesse. Final de tarde, um pôr do sol lindo, as luzes começando a ligar e eu chegando na casa. Assim que eu cheguei falei pra minha mãe, que estava tão animada quanto eu, "Olha, eu realmente não sei se quero fazer ainda, eu não vou fechar nada de contrato, só vamos ver, tudo bem?", ela concordou, mas acho que ela já sabia que aquele meu sorrisinho queria dizer que eu tava me encontrando ali e que a "Manu que trocou a mamadeira e chupeta por uma câmera" estaria correndo e gritando pelo gramado recém cortado.

                                Aula de Splash, uma das melhores e mais divertidas técnicas!                 

Conversei com o Gustavo, ele me apresentou todas as salas, os equipamentos, me explicou o plano de ensino, as saídas fotográficas, a viagem com a turma. Ele nem precisou falar muito, eu sabia que ali eu tinha me encontrado e minha caminhada no mundo da fotografia, finalmente, estaria começando de verdade. O "talvez" se transformou em eu assinando o contrato do curso e, com toda certeza, oito meses depois, eu não me arrependo, porque, além do conhecimento, fiz um lindo clubinho de amigos graças ao curso!

                         Foto da minha banca de qualificação - Final do Curso

Mundo Centro Europeu
Ler matéria completa
Indicados para você